Arquivo da tag: maturidade

O Fruto do Trigo e da Figueira

Você já observou a diferença entre o fruto do trigo e o da figueira? A Bíblia usa a figueira para representar Israel e, o trigo para descrever os cristãos. A figueira tem raízes muito profundas. O povo de Israel recebeu a bênção divina, mas toda essa bênção está relacionada com esta Terra; é como suas raízes estivessem muito presas a esta Terra; a Terra é a porção deles. Mas como é a raiz do trigo? O trigo é uma planta anual; é uma planta muito frágil, a qualquer momento pode ser arrancada. Essa planta está sempre pronta para ser separada da terra.

Os descendentes celestiais de Abraão receberam as bênçãos celestiais. Eles são como a figueira. Nós, porém, nada temos além do Senhor, nós recebemos as bênçãos celestiais porque somos como o trigo. O trigo não tem raízes profundas, a qualquer momento pode ser arrebatado. O arrebatamento é o futuro do trigo. Quando o trigo será arrancado? Quando estiver maduro. Outra característica interessante sobre a vida do trigo é que ele morre da espiga para baixo. Quando está maduro, o caule e a raiz morrem. Quando o fruto está maduro, ou seja, quanto mais você amadurece diante do Senhor, mais e mais você vai se desprendendo deste mundo.

Essa é a natureza do arrebatamento. Então, não provoque desavenças com os pré-tribulacionistas nem com os pós-tribulacionistas. O importante é que fomos criados para o arrebatamento. E o trigo possui uma vida tal que faz com que mais e mais morramos para o mundo. Quanto mais mortos para o mundo, mais vivos para o céu. Quando o trigo cresce e chega à maturidade, quanto mais ele amadurece, mais ele reclina a cabeça. O joio, entretanto, é diferente. À medida que o tempo passa, o joio fica cada vez mais rijo. É por isso que o Senhor disse para deixá-los crescer juntos. O Senhor nos semeou neste mundo. O trigo cresce sob a luz intensa do sol; sol após sol. E, ao absorver a luz que vem do sol, pouco a pouco o trigo vai amadurecendo. Então, quando o fruto está maduro, imediatamente a foice vai fazer o seu trabalho. O momento da ceifa chegou, o arrebatamento vai acontecer.

Esse é o futuro da vida cristã. E, por essa razão, a Bíblia diz que a ceifa é a consumação do século. Nós, cristãos, temos uma história um futuro. Quando chegamos à última página da história deste mundo, nos deparamos com o futuro do mundo. Mas, o Senhor realmente semeou a Sua semente neste mundo e deixou o trigo crescer. E esse trigo também tem a sua própria história. Ele vai crescer junto com o joio. Quanto mais o trigo amadurece, mais ele morre para o mundo. Quanto mais os cristãos caminham para a maturidade, mais eles se tornam humildes.

Autor: Christian Chen
Extraído do livro Grandes Profecias da Bíblia – Edições Tesouro Aberto

Fonte: http://www.preciosasemente.com.br/mostra-artigos.php?artigo=42

Obs.: A figuras não fazem parte do texto original.

Anúncios