Arquivo da tag: esperança

Quero trazer à memória o que me pode dar esperança (Lm 3.21)

Em muitos momentos em nossa caminhada com o Senhor, sentimos nos chegar a um beco sem saída, onde não temos para onde ir, e não sabemos o que fazer. Duvidamos da nossa fé, e questionamos se nossa experiência com Deus é real, e não uma mera “fachada”. Assim passamos dias e dias, talvez até anos, vendo somente a aflição e a dor, assim como Jeremias, que passava seus dias fazendo lamentações sobre Israel. Isso trazia um grande desgaste físico e espiritual para ele. Muitos o consideravam um profeta “chorão”, pois parecia que ele não sabia fazer outra coisa, senão lamentar sobre sua miséria e a miséria do seu povo.

Abaixo temos alguns versículos que falam de seu clamor perante Deus:

Entesou o seu arco e me pôs como alvo à flecha. Fez que me entrassem no coração as flechas da sua aljava. Fui feito objeto de escárnio para todo o meu povo e a sua canção, todo o dia. Fartou-me de amarguras, saciou-me de absinto. Fez-me quebrar com pedrinhas de areia os meus dentes, cobriu-me de cinza. Afastou a paz de minha alma; esqueci-me do bem. Então, disse eu: já pereceu a minha glória, como também a minha esperança no Senhor. Lembra-te da minha aflição e do meu pranto, do absinto e do veneno. Minha alma, continuamente, os recorda e se abate dentro de mim.

Lamentações 3.12-20

Diante deste cenário sombrio, Jeremias toma a decisão de não olhar para as circunstâncias, ou para suas próprias debilidades – ele simplesmente diz:

Quero trazer à memória o que me pode dar esperança (Lm 3.21)

Esta esperança esta alicerçada na fé, e não no que vemos. Sabemos que o Senhor é nossa esperança, mas somos tendentes a nos desviar deste fato, precisando sempre trazê-lo à memória. Se mantivéssemos a consciência constante de que o Senhor está sempre acima de nossos problemas, nossa vida seria revolucionada. Obviamente não se trata de fingir que os problemas não existem. Na verdade quanto mais desejarmos conhecer a Cristo mais lutas teremos – satanás nos atacará fortemente, e nossa carne gemerá. Mas Deus está no controle, sempre. Ele é a nossa esperança!

Lorimar