Arquivo da tag: ansiedade

Ansiedade

De acordo com o dicionário Michaelis podemos definir ansiedade como:

1 Aflição, angústia, ânsia. 2 Psicol Atitude emotiva concernente ao futuro e que se caracteriza por alternativas de medo e esperança; medo vago adquirido especialmente por generalização de estímulos. 3 Desejo ardente ou veemente. 4 Impaciência, insofrimento, sofreguidão.

A ansiedade faz parte da natureza humana desde que o homem caiu, lá no Jardim do Éden. Seus efeitos não apenas afetam nosso relacionamento com Deus, mas também atinge nossa saúde física, causando diversos distúrbios físicos, tais como cardiopatias, hipertensão arterial, diabetes e depressão.

Qual é então a solução para ela? Fingir que os problemas não existem? Nada disso. O que precisamos fazer é:

Lançar sobre Deus toda a nossa ansiedade, porque ele tem cuidado de nós (1Pe 5.7).

Deus entende perfeitamente tudo o que passamos, e podemos encontrar nele todos os recursos para viver longe da ansiedade. É claro que a ansiedade pode estar sendo causada por um viver descuidado com relação ao pecado. Nesse caso nosso relacionamento com o Senhor sofre interferências; a alegria vai embora e a incerteza toma espaço. Mas se esse não for o problema, não há qualquer razão para um viver triste e ansioso.

Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos. Fp 4.4

O versículo acima não está escrito em tom de sugestão, mas de mandamento. Mas como isso pode ser possível, no meio de tanto sofrimento e dor? Aí é que está a questão. Muitos pensam que precisam se alegrar no sofrimento quando é necesário que nos alegremos no Senhor. Ele é a fonte de toda a alegria e bem estar; nele tudo subsiste (Cl 1.17).

A alegria no Senhor é a chave para se viver sem ansiedade; a alegria nele supre todas as nossas carências. Paulo, o apóstolo experimentava isso de uma maneira grandiosa, afinal somente experimentando a alegria do Senhor ele poderia escrever a carta aos filipenses, uma carta que fala o tempo todo de alegria. Ele pôde escrevê-la, mesmo estando preso e em sofrimentos. Ele decidiu lançar-se aos cuidados do Senhor, provando da sua fidelidade. Isso também está ao nosso alcance, basta agirmos em obediência e fé à palavra de Deus.

Lorimar

Não andeis ansiosos

por Adelmo Santos

Contexto – Mat 6: 19 – 34

Mat 6:25-34

Por isso vos digo: Não estejais ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer, ou pelo que haveis de beber; nem, quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário?  (26)  Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não valeis vós muito mais do que elas?  (27)  Ora, qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado à sua estatura?  (28)  E pelo que haveis de vestir, por que andais ansiosos? Olhai para os lírios do campo, como crescem; não trabalham nem fiam;  (29)  contudo vos digo que nem mesmo Salomão em toda a sua glória se vestiu como um deles.   (30)  Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?   (31)  Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? ou: Com que nos havemos de vestir?   (32)  Pois a todas estas coisas os gentios procuram. Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso.  (33)  Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.   (34)  Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.

– A ligação do v. 25 com o v. 24.
– Este texto fala da nossa relação com o mundo
– Jesus diz : PENSE. Use sua mente. Raciocine.
– 5 vezes ele fala para pensarmos: Por isso, pois, portanto, pois, pois.
– 3 vezes ele diz: Não estejais ansiosos, não vos inquieteis, não vos inquieteis.
– Se ele nos adverte sobre isto, é porque  vai acontecer.
De certa forma é natural que aconteça. A questão é como lidamos com isto. Como os gentios ? Ou como filhos do Pai. Portanto fica claro; há dois mundos: Mamon/Gentios e Deus Pai/Filhos(cristãos).
Precisamos Lembrar da Magnitude do nosso Deus e Pai, bem como, de que fazemos parte do Seu Reino e Planos eternos.
At 17: 24–28 Rm 11: 33-36  ICor 15: 28

A PRÁTICA DESTE ENSINO

1)  Como Deus sustenta os pássaros, e veste os lírios do campo ? Pense. Ficam parados, sem fazerem nada e os anjos colocam comida e nutrientes em suas bocas e raízes ?
Capacitação de Deus. Para voar e achar comida, bem como, para tirá-las do solo e da água. E nós ? Pense.
Deus nos tem capacitado para saber semear, colher e ainda guardar em celeiros para o momento certo. Deus nos tem capacitado a trabalhar e fiar, costurar. Fazer tecidos, etc.
O que é mais importante ? Pense. A vida ou o alimento ? O corpo ou a roupa ?
Se Deus nos deu a vida e o corpo também não irá prover as necessidades deles ?
Deus esta mais preocupado(dá mais valor) com eles do que nós.( I Co 6: 13)
Quem é mais importante para Deus ? Os pássaros e flores, ou nós ? Pense.
Se Deus os capacitou, não nos capacitara muito mais ?
Jesus esta dizendo claramente :

1) Que o Pai nos dará mais alimento do que às aves.(26)

2) Que nos vestira mais do que as flores.(27)
Pense
(32)… “Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso”.  Deus está presente no nosso trabalho. Deus está presente nas dificuldades pessoais : íntimas, familiares, relacionais, na obra, na vida da igreja, nas enfermidades.
Nas alegrias, vitórias e sucessos. Ele tem o suprimento necessário preparado. Nem sempre nos livrando como pensamos. Mas como ele quer. Temos que crer que ele sabe cuidar de nós, melhor que nós mesmos.Ele nos dará a força e suprimento necessário.
Devemos nos apropriar disto. Crer nisto.
V. 30 – Homens de pequena fé( não é sem fé). Levantemos nossos olhos para as promessas de Deus.
E, Então ?….
Conclusão de Jesus. Creia no óbvio. Leve Deus a sério. (33)  Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Acrescentadas como ?
O que é Buscar o seu Reino e a sua justiça ?
Buscar o Reino, é fazer coisas para Deus ? É uma troca ?
E o que é “a sua justiça” ?
O primerio mandamento, e o segundo semelhante a este .
– Amar a Deus com todo o nosso ser.
– Vida de retidão – Nossa relação com o próximo.

Finalmente e conclusão.

(34)  Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal. Devemos viver a vida em porções diárias. O suprimento de Deus é diário.  Suas misericórdias se renovam a cada manhã.
Parece-me que o Senhor esta nos dizendo que ele sabe que nossas necessidades e dificuldades não são só alimento e roupa. Mas para cada necessidade de cada dia o Pai tem o suprimento e solução.
Podemos levantar cada dia e agradecer pelo suprimento que já está preparado.
Por maiores que sejam as lutas ou dificuldades.
“Deus quer tenhamos confiança constante e necessidades constantes”.
Ter necessidades nem sempre e sinal de incompetência, erro, pecado, etc.
Enquanto estiver nesta terra, todos os dias vamos ter necessidades e dificuldades. Ele vai suprir. Da fé  a vida – II Pe 1: 5

Perguntas:

1) Nas palavras de Jesus,porque não precisamos viver ansiosos ?
2) Como Deus supres nossas necessidades ?
3) O que significa, Buscar o Reino e a sua Justiça ?
4) Como devemos viver a vida ? E o que significa : “… pois o amanhã se preocupara consigo mesmo.”

Fonte: http://www.seguindoacristo.com.br/artigos_Adelmo.htm