A queda das muralhas de Jericó

“Jericó estava completamente fechada por causa dos israelitas. Ninguém saía nem entrava. Então o Senhor   disse a Josué: “Saiba que entreguei nas suas mãos Jericó, seu rei e seus homens de guerra. Marche uma vez ao redor da cidade, com todos os homens armados. Faça isso durante seis dias. Sete sacerdotes levarão cada um uma trombeta de chifre de carneiro à frente da arca. No sétimo dia, marchem todos sete vezes ao redor da cidade, e os sacerdotes toquem as trombetas. Quando as trombetas soarem um longo toque, todo o povo dará um forte grito; o muro da cidade cairá e o povo atacará, cada um do lugar onde estiver”. (Josué 6:1-5 NVI)

 

Nesta passagem aprendemos lições muito importantes sobre batalha espiritual.

Primeiramente, é preciso estar bem claro que temos um inimigo que tenta frustar os planos de Deus na terra, e que se opõe fortemente àqueles que estão alinhados a este plano; sabendo que o povo de Deus avança, Satanás põe “muros” entre este povo e as pessoas que precisam de salvação. Estes muros, na maioria das vezes parecem intransponíveis. Entretanto, o Senhor sabe como colocá-los abaixo.

No contexto de Jericó, Israel marchou ao redor da cidade, como um sinal de tomada de posse. Eles não marcharam apenas uma vez, mas seis. Antes das muralhas caírem, eles deveriam aprender que elas poderiam ser destruídas; os soldados deveriam rodeá-las armados (qual é a nossa arma de ataque?), acompanhados pelos sacerdotes (quem são os sacerdotes ?). O único objeto que os sacerdotes levavam eram as trombetas, cada um com a sua (o que anunciam as trombetas?).

Tendo aprendido a lição da fé, ela precisava ser verbalizada. Nenhuma barreira resiste ao brado de fé. As muralhas então caíram; no sétimo dia elas foram abaixo, sendo a cidade tomada.

O que podemos aprender disso tudo? Aprendemos que se Deus está interessado que muros sejam destruídos, eles serão. Ele conta com seu povo para fazer isso, através da arma de ataque, sua Palavra, acompanhada pela tomada de posição, palavra profética, oração e louvor.

Ele é Deus Soberano sobre todo o Universo, e nenhum dos seus planos são frustrados.

 

About these ads

6 ideias sobre “A queda das muralhas de Jericó

  1. Devesson Silva

    Nossas muralhas só nó mesmos podemos derrubar, porque Deus deu a cada um o poder de fazer isto.

    Resposta
  2. Damiao reis

    Se me permite amado fazer uma pequena colocaçao, josue e os hebreus deram 13 voltas ao redor de jerico.

    Resposta
  3. Israel Macena dos Santos

    Não devemos temer as muralhas, pois maior é o que está em nós do que o que está no mundo! Pra alguns pode ser loucura, o que Josué, e o povo de israel fizeram, porém eu vos digo que isso é plena confiança em um DEUS TODO-PODEROSO criador dos céus e da terra, e obediência; exemplo de fé.

    Resposta
  4. Mario Sergio Batista

    Belo texto, que a graça de Deus continue sendo derramada em seu coração. Parabéns.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s